Patrões insistem em retirar direitos dos jornalistas

postado em: Notícias | 0

Patrões insistem em retirar direitos dos jornalistas

Na segunda rodada de negociação, realizada na manhã desta terça-feira (24/09), na sede do Sertepe, na Boa Vista, a bancada patronal continuou irredutível nas propostas de retirada de direitos dos jornalistas referente à Campanha Salarial 2019. Os representantes dos patrões “bateram o pé” e insistiram em extinguir o pagamento das horas trabalhadas nos domingos a 100%. Também são inflexíveis quanto ao prazo de pagamento das horas extras trabalhadas em regime de banco de horas. Eles querem aumentar o prazo dos atuais 60 para 180 dias. Com relação ao reajuste salarial, a bancada patronal não aceita discutir nada além de míseros 3,26% (com base no INPC). O único ponto em que se mostram flexíveis, diante do não do sindicato, foi quanto ao prazo de estabilidade pré-aposentadoria, que hoje é de 30 meses. Na primeira rodada de negociação, os patrões propuseram reduzir de 30 para 12 meses. Na segunda, de 30 para 18 meses. O Sinjope, diante das propostas desrespeitosas à categoria, diz não a todas elas e visitará às redações para esclarecer à categoria. A próxima rodada de negociação está marcada para o próximo dia 08/10, às 15h, na sede do Sertepe, na Boa Vista.

Recife, 24 de setembro de 2019

Diretoria do Sinjope

Compartilhe

Deixe uma resposta