Diario demite 38 jornalistas e diz que pagará verbas rescisórias em até 18 meses

postado em: Notícias | 0

Grupo R2, de propriedade dos irmãos Alexandre e Maurício Rands, que administra o Diario de Pernambuco há pouco mais de dois anos, anunciou a demissão de 38 jornalistas e mais oito trabalhadores do setor administrativo do jornal, na última quarta-feira (28/03). Nesta terça-feira (3), durante audiência no Ministério Público do Trabalho, o presidente do Diario, Alexandre Rands, confirmou as demissões e disse não dispor de recursos financeiros para pagamento integral das rescisões contratuais, oferecendo o parcelamento em até 18 meses. “Não tenho mais dinheiro para colocar na empresa mas se quiserem trazer uma bacia e uma faca eu tiro o sangue aqui”, declarou.

O procurador do Trabalho, Marcelo Crisanto, mediador da audiência, ponderou que as demissões são uma prerrogativa da empresa mas que os trabalhadores têm que receber seus direitos. Ele fez um apelo para que a empresa se esforçasse no sentido de parcelar em até seis meses, o que seria, segundo o procurador, um prazo aceitável na Justiça do Trabalho. 

A empresa disse que só fará a liberação dos saldos de salários, guias de seguro desemprego e para liberação do saldo do FGTS já depositado. As demais verbas devidas, como férias e 13º salário proporcionais, multa de 40% sobre o saldo do FGTS, horas extras e outras a que cada funcionário tiver direito, seriam calculadas e parceladas em prazo que pode variar entre 9 e 18 meses. O Sinjope questionou, também, o constrangimento que os funcionários dispensados passaram ao sofrer. Eles tiveram seus e-mails, no sistema da empresa, bloqueados para acesso, e não puderam obter, sequer, a impressão dos contracheques atrasados.

O procurador do trabalho fez constar em ata que a empresa deve, na homologação – que ocorrerá nos dias 13 e 16 de abril -, discriminar os valores que serão quitados de imediato, bem como os demais valores que não estiverem sendo pagos. Os contracheques a certidão de rendimentos, para fins de declaração de Imposto de Renda, devem ser enviados para cada um dos jornalistas desligados da empresa, através de e-mail pessoal.

Compartilhe

Deixe uma resposta